Boas práticas de programação em PHP

Boas práticas de programação em PHP

Porque falar de boas práticas e não do mais novo framework do mercado? (Desde já fica aqui ressalva de que não é uma afirmação para desencorajar o uso de frameworks.)

Nós vamos falar de boas práticas porque isso pode agilizar — e muito — o dia de alguém, além de evitar que erros minem a produtividade.

E, claro, falar de boas práticas é sempre oportuno e necessário para o desempenho futuro do que quer que seja estejamos construindo.

Vamos lá!

Conteúdo ocultar
1 Ainda vale a pena aprender PHP?
2 Cursos de PHP
3 Dicas ser eficiente ao programar em PHP
3.1 Busque boas referências de programação em PHP
3.2 Use as versões suportadas do PHP
3.3 Boas práticas de código com SOLID
3.4 Single Responsability – Responsabilidade única.
3.5 Open Closed – Aberto Fechado.
3.6 Liskov Substitution Principle – Substituição de Liskov
3.7 Interface Segregation/Principle Segregação.
3.8 Dependency Inversion Principle – Inversão de dependência.
3.9 Teste seu software
Ainda vale a pena aprender PHP?
lousa com ponto de interrogaçao desenhado em giz
PHP é uma das linguagens de programação mais utilizadas no mundo. Ela foi criada para facilitar o desenvolvimento web e é utilizada principalmente para a criação de sites e blogs.

Em média 86% das aplicações web hoje no mundo utilizam PHP como linguagem primária.

Então sim, ainda vale a pena aprender PHP. Essa linguagem está em evolução constante, sempre sendo atualizada e tem uma grande comunidade de usuários.

Busque boas referências de programação em PHP
Bom, para começar quero apenas reforçar o que provavelmente você já deve ter ouvido, mas que vale ser relembrado: fique sempre atento(a) às referências. Qual o seu canal de informação hoje?

Uma de nossas referências primárias deve ser o manual da própria linguagem. No nosso caso, Manual do PHP. Aqui tem muita documentação da linguagem.

Outra referência interessante feita pela comunidade PHP, pode ser encontrada por esse link que indico.

>>Leitura Recomendada:
IDE para PHP e JS: qual a ideal?

Use as versões suportadas do PHP
Use sempre uma versão atualizada do PHP.

Atualmente, recomendado-se usar o PHP a partir da versão 7.1.

É importante frisar que cada versão do PHP é suportada por 3 anos e, após isso, ela entra no fim do ciclo de vida. Aqui você consegue consultar versões suportadas PHP.