Como contratar um desenvolvedor de aplicativo






CONTRATE UM PROGRAMADOR

Desenvolvimento de Soluções Web, Software Sob Medida, Aplicações Mobile Android e IOS. Mais de 15 anos de experiência em Desenvolvimento Web, qualidade imbatível, preço justo, melhor prazo de entrega.

confira as matérias do nosso BLOG

Como contratar um desenvolvedor de aplicativo

Você ou sua empresa tem um produto fantástico, com uma aceitação excelente no mercado, mas quer expandir, estar mais próximo de seus consumidores? Ou então, vocês prestam um excelente serviço e desejam estar mais próximos do cliente? Talvez você queira começar sua startup e precisa estar presente nos celulares das pessoas? Os aplicativos de smartphones e dispositivos móveis são excelentes ferramentas para aumentar essa proximidade.

Mas, como contratar um desenvolvedor de aplicativos? Qual o profissional ideal para seu projeto? Vamos explicar detalhadamente como identificar, buscar, contratar e reter o melhor profissional de desenvolvimento móvel.

Não bastasse o desafio em compreender a necessidade de um profissional para o desenvolvimento de um aplicativo, os profissionais de RH ainda terão que lidar com termos técnicos e cobrar habilidades técnicas que, caso não seja um profissional da área de tecnologia, provavelmente não terá familiaridade.

Mercado de desenvolvimento de aplicativos
A primeira coisa que você deve fazer antes de começar o seu processo é entender um pouco mais sobre o mercado de aplicações mobile: o aplicativo a ser desenvolvido será feito para smartphones Android, iOS ou os dois simultaneamente, os chamados aplicativos híbridos ou cross-platform? Se a empresa ainda não optou por uma dessas opções, é importante se atentar ao mercado.

O Android é a plataforma que domina o mercado brasileiro, tanto no que se refere aos smartphones quanto aos tablets. Os aparelhos, em sua maioria, são mais baratos que os que utilizam o sistema operacional iOS (aparelhos Apple) o que, no Brasil, é um fator determinante na decisão do consumidor final.

Desenvolvedor Android
Caso você opte em desenvolver um aplicativo Android, é necessário estruturar o seu processo de recrutamento e seleção baseado nas habilidades e conhecimentos que devem ser esperados desse desenvolvedor. A seguir listamos as mais importantes para desenvolvimento nativo nessa plataforma

Conhecimento na linguagem Java ou Kotlin, as linguagens de programação aceitas pelo Google;
Conhecimento de SDK Android (para cada versão do Android, um SDK correspondente também é lançado.);
Domínio de API REST para estabelecer comunicação entre aplicações e entre os usuários;
Experiência com o armazenamento offline, threading e otimização de desempenho;
Capacidade de projetar, construir e manter um alto desempenho;
Conhecimento do ambiente Android de código aberto e bibliotecas disponíveis para tarefas comuns;
Essas são algumas premissas para um bom desenvolvedor Android.

Caso a sua empresa opte por produzir um aplicativo para aparelhos Apple em desenvolvimento nativo, saiba o que esperar de um profissional focado em programação para iOS:

Desenvolvedor iOS
A principal diferença para contratar o desenvolvedor para a plataforma iOS é a linguagem que o profissional deve dominar.

A primeira linguagem que deu origem aos aplicativos móveis é a Objective-C, mas, hoje há uma nova linguagem que tende sucedê-la, que é a Swift.

Ainda é possível desenvolver projetos em Objective-C, mas a Swift é uma linguagem mais moderna e oferece vantagens como maior facilidade de manutenção, velocidade e mais segurança.

Obviamente, você pode até contar com um profissional que domine somente a Objective-C, mas um desenvolvedor que trabalhe com as duas linguagens está mais preparado para as atualizações de plataformas e apto para entregar um projeto atualizado e de maior valor final.

Como a Swift é uma linguagem mais nova, os profissionais dessa linguagem tendem a ser mais bem remunerados e mais escassos no mercado.

Assim como os desenvolvedores de Android possuem o SDK Android, quem desenvolve projetos para iOS devem saber manusear o XCode, que nada mais é que o desenvolvedor de ferramentas para codificar, testar, depurar e compilar os aplicativos para iOS.

Bom, apesar de termos citado como desenvolver para as duas plataformas mais usadas do mercado, há uma outra vertente do desenvolvimento de aplicativos. Estamos falando do desenvolvimento híbrido, ou desenvolvimento multiplataforma. Esse tipo de programação utiliza apenas uma linguagem e framework, porém o produto final funciona nas duas principais plataformas do mercado.

Desenvolvedor híbrido e cross-platform:
A diferença entre esse desenvolvedor e os demais é a capacidade de fazer aplicativos móveis em apenas uma linguagem e que compilam para Android e IOS. Existem vários ambientes no mercado que permitem esse tipo de desenvolvimento, vamos aos quatro mais usados entre híbridos(que criam um web app) e cross-platform (que compilam os códigos de maneira nativa):

1- React Native (cross-platform)
O framework React Native é um dos frameworks mais novos para aplicativos, foi criado pela equipe de engenheiros do Facebook e rapidamente se popularizou entre a comunidade de programadores front end, se tornando a maior tendência para desenvolver aplicativos cross-platform.

A biblioteca React é utiliza JavaScript e a competência do desenvolvedor nessa linguagem deve ser levada em consideração com um grande peso para sua contratação.

2-Xamarin (cross-platform)
Um dos frameworks mais utilizados em cross-platform temos o Xamarin. Essa biblioteca trabalha com a linguagem C# ou F# antes de compilar os códigos para as plataformas da Google e Apple.

3-PhoneGap (híbrido)
O PhoneGap foi um dos primeiros frameworks que surgiram para o desenvolvimento híbrido de aplicativos, os códigos são compilados em Cordova, e as linguagens utilizadas para o desenvolvimento são HTML, CSS e JavaScript.

4-Ionic (híbrido)
O Ionic que já tem algumas versões lançadas é também uma boa opção para apps híbridos, ele utiliza um outro framework como base para programação, o Angular, e compila os códigos em Cordova assim como o PhoneGap.